(21) 3380-9650 / (11) 4872-8258 comercial@simpax.com.br

A produtividade nas organizações está relacionada com o tempo que o colaborador gasta para realizar as atividades e na definição de prioridades de execução. Muitas empresas possuem a preocupação de produzir mais em menos tempo, sempre focando em reduzir os custos operacionais.

Por isso é essencial fazer o controle das horas trabalhadas para entender se o trabalho está sendo remunerado de maneira correta. Conheça alguns aspectos do controle de horas trabalhadas e descubra se o pagamento está sendo efetuado de maneira justa.

O Controle de Horas Trabalhadas e a produtividade do trabalhador

controle de horas trabalhadas e a produtividade do trabalhador

O controle de horas trabalhadas é um importante instrumento para o crescimento do rendimento dos funcionários em uma empresa. O crescimento no desempenho de um colaborador ocorre porque com o gerenciamento do seu tempo de trabalho, ele passa a saber exatamente o que deve ser realizado e dentro de qual período, evitando perder tempo em tarefas dispensáveis.

Ao aproveitar melhor o tempo gera-se um maior aproveitamento com ampla eficiência. Pensando nisso, é necessário que o colaborador saiba fazer a gestão de sua jornada de trabalho executada e quanto deve receber por este tempo de serviço.

Carga horária de trabalho e a remuneração por tempo de serviço

O controle da carga horária dos trabalhadores é um dos itens de maior importância dentro da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), sendo assim, o empregador deve manter controle e registrar as horas trabalhadas.

De acordo com as normas que regem as relações de trabalho, a carga horária dos funcionários não deve passar de 44 horas por semana. Quando este limite é ultrapassado, o tempo trabalhado será  contabilizado como hora extra ou poderá ser creditado no banco de horas para ser utilizado posteriormente.

Desta maneira, é importante que o trabalhador entenda como é feito o cálculo da remuneração do tempo de trabalho, horas extras e como mensurar os valores de acordo com o tipo de jornada que ele realiza. Veja nos textos abaixo como funciona o cálculo de horas trabalhadas.

Cálculo de Horas Trabalhadas

Para fazer o cálculo de horas trabalhadas, é preciso saber qual é a carga horária de trabalho semanal e o valor da remuneração. Normalmente, considera-se para o cálculo da hora de trabalho o mês composto por 5 semanas.

Então, se a jornada de trabalho na sua empresa é de 44 horas semanais, temos um total de 220 horas por mês (44 horas por semana x 5 semanas por mês = 220 horas mensais). Vamos supor que o salário do colaborador, nesse caso, seja de R$ 1.200,00. Dividimos o salário mensal por 220 e temos o valor do salário-hora que, nesse exemplo, é de R$ 5,45.

Horas Extras e sua remuneração

Controle de Horas trabalhadas - horas extras e sua remuneração

De acordo com a lei, um trabalhador pode fazer no máximo duas horas extras por dia. O profissional deve ser receber por hora extra, no mínimo, 50% a mais do que em sua hora normal de trabalho. Esse percentual pode ser maior em determinadas categorias profissionais devido a convenções coletivas.

Exemplo de Cálculo Hora Extra

Em uma empresa de médio porte, um funcionário recebe R$ 1200 por mês, para trabalhar por 220 horas mensais. Neste exemplo, as horas extras são realizadas entre 18 h às 20 h do mesmo dia, após o expediente normal.

  • Salário mensal = R$ 1200,00
  • Salário-Hora normal (diurno) = R$ 5,45 (R$ 1200 ÷ 220)
  • Salário Hora Extra = (Hora com acréscimo de 50%) R$ 8,17 (R$ 5,45 + 2,72)

Horas extras noturnas e seu cálculo

Considera-se noturno todo o trabalho realizado entre as 22h de um dia e às 5h do dia seguinte, no caso de empregados urbanos e empregados domésticos. A hora de trabalho noturno tem uma duração diferente. Ela é considerada equivalente a 52 minutos e 30 segundos. A lei impõe que seja feita esta redução de 7 minutos e 30 segundos em relação à hora diurna.

A Constituição Federal estabelece que a hora trabalhada no período noturno tenha uma remuneração maior que a do diurno (CF/1988, art. 7º, IX). A CLT prevê um acréscimo mínimo de 20% sobre a hora diurna.

Calcular as horas extras e o trabalho noturno consiste em 3 etapas, sendo elas: Calcular o valor da hora trabalhada do funcionário, adicionar 20% sobre devido o adicional noturno e por último acrescentar sobre este valor 50% por ser hora extra. No exemplo, saiba como funciona na prática este cálculo para contabilizar o valor da hora noturna.

Exemplo de Cálculo Hora Extra Noturna

Dentro de uma pequena empresa, um funcionário recebe R$ 1100 por mês, para trabalhar por 220 horas mensais. Neste pequeno exemplo, as horas extras são realizadas entre 22h de um dia e às 5h do dia seguinte (horas noturnas).

  • Salário mensal = R$ 1100,00
  • Salário-Hora normal (diurno) = R$ 5,00 (R$ 1100 ÷ 220)
  • Salário-Hora noturno (Hora normal com acréscimo de 20%) = R$ 6,00 (R$ 5,00 + 1,00)
  • Salário-Hora extra noturno (Hora com acréscimo de 20% por adicional noturno e de 50% pela realização de horas extras) = R$ 9,00 (R$ 5,00 + 1,00 = R$ 6,00 + 3,00)

Software para controle de horas trabalhadas

Software para Controle de Horas trabalhadas

O controle de horas trabalhadas normalmente é feito por meio da folha de ponto. Nela ficam registradas todas as entradas e saídas do funcionário, inclusive para o intervalo intrajornada, bem como atrasos e faltas. Este documento também pode ser gerado com a utilização de um software e integrado ao sistema de ponto da empresa. Ele simplifica os cálculos trabalhistas, agiliza processos e emite relatórios gerenciais.

Conclusão – SIMPAX

O controle de horas trabalhadas é fundamental para as relações trabalhistas, pois através dele empresa e o colaborador podem mensurar a remuneração e averiguar se os rendimentos estão de acordo com o tempo de jornada do trabalhador.

Automatizar as rotinas operacionais reduz o tempo gasto pelo gestor e melhora consideravelmente o ritmo de trabalho de seus funcionários. Por isso utilizar a tecnologia no controle de horas traz excelentes benefícios para a empresa e funcionários. Você faz o controle de horas trabalhadas? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência conosco!

Pin It on Pinterest

Compartilhe agora!

Publique nas redes sociais!

× Central de Vendas