(21) 3380-9650 / (11) 4872-8258 comercial@simpax.com.br

O ponto eletrônico é a evolução do controle de frequência tradicional. Para gerenciar a folha de ponto de funcionários partir deste sistema, a empresa deve possuir um relógio de ponto com mecanismos internos de impressão, para que sejam emitidos comprovantes para os trabalhadores que marcarem presença. Seu uso é benéfico para todos, pois torna a relação trabalhista mais justa, sempre respeitando as diretrizes estabelecidas pela lei.

O ponto eletrônico é a evolução do controle de frequência tradicional. Para gerenciar a folha de ponto partir deste sistema, a empresa deve possuir um relógio de ponto com mecanismos internos de impressão, para que sejam emitidos comprovantes para os trabalhadores que marcarem presença. Seu uso é benéfico para todos, pois torna a relação trabalhista mais justa, sempre respeitando as diretrizes estabelecidas pela lei.

O Relógio e sua importância na folha de ponto de funcionários

REP – Registrador Eletrônico de Ponto

O ponto eletrônico possibilita baixar todos os dados armazenados pelo REP (Registrador Eletrônico de Ponto) e exportá-los para fazer a folha de ponto de funcionários. Os relógios de ponto adotados devem ser homologados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, e é necessário, que estes possuam uma entrada USB utilizada para auditorias de dados, seja por parte da empresa ou de um auditor do trabalho.

De forma geral, o uso de um rep melhora o controle de funcionários de uma empresa, o tornando bem estruturado, aumenta a assiduidade dos colaboradores e evita problemas com perda de dados. O trabalhador por sua vez, pode comprovar de forma mais transparente as horas trabalhadas e seus extras, durante a jornada de trabalho.

Além das vantagens oferecidas, o ponto eletrônico é essencial para que a empresa se mantenha nos parâmetros das leis trabalhistas e que ambas as partes fiquem livres de qualquer tipo de falsificação. Sua implementação torna a empresa mais produtiva e otimiza o trabalho do setor de recursos humanos.

Obrigatoriedade na Gestão de Ponto

De acordo com a lei, as empresas que possuem mais de 10 funcionários são obrigadas a fazer o controle de ponto de seus funcionários. Mas isto não impede que as instituições optem por outras soluções para medir a assiduidade de seus funcionários e ter dados que facilitem a tomada de decisões.

De certa forma, a instituição paga aos colaboradores por uma quantidade de tempo de sua vida. Dessa maneira, é natural que o controle de frequência seja o mais preciso possível. O registro feito da maneira adequada evita problemas comuns na empresa, como discussões sobre horas extras, problemas com o banco de horas e trabalhistas que são prejudiciais para a instituição. 

A empresa que escolhe usar a marcação através de um sistema para controle da folha de ponto, se respalda contra processos trabalhistas, otimiza seus processos e ganha muito tempo.

A Evolução do Controle de frequência

A marcação de ponto tradicionalmente era feita através do livro de ponto, posteriormente passou a ser feita no relógio de ponto mecânico e com a evolução surgiu um novo dispositivo, o Relógio de Ponto Eletrônico ou REP (Registrador Eletrônico de Ponto). Com o uso deste último aparelho, que é possível fazer a marcação de ponto eletrônico. Ele identifica os colaboradores de três formas diferentes: Por uso de cartões magnéticos, teclado ou biometria.

O equipamento também deve ser capaz de fazer a impressão dos quatro comprovantes diários. Estes são relativos à entrada e saída dos colaboradores no começo e no final da jornada de trabalho e também na saída e volta do horário de almoço, além da permissão para registrar as horas extras trabalhadas também.

Folha de Ponto via software

A empresa que usa um rep (relógio de ponto eletrônico), pode aumentar sua produtividade e facilitar a gestão de pessoas por meio de um software para gestão de ponto. Este tipo de software possui recursos que otimizam as tarefas habituais do setor de recursos humanos. Ele proporciona um controle mais preciso da jornada de trabalho, das horas extras, bancos de horas, reduzindo gastos e otimizando o tempo gasto pelo gestor.

O processo começa pelo relógio de ponto, que através de uma conexão com a internet, transfere os dados das batidas de ponto em tempo real, para o sistema na web que disponibiliza para o administrador de forma clara, as informações da jornada dos trabalhadores (horas extras, abonos e adicionais) sendo possível gerar relatórios com base nesse material.

Conclusão

A folha de ponto por software é uma importante ferramenta para a gestão de recursos humanos e ajuda manter a organização respaldada mediante as leis trabalhistas. Sendo assim, inserir de um controle de frequência eficiente em sua empresa faz toda a diferença.

Para que ocorra essa mudança positiva, deve-se ter um REP (Relógio de Ponto Eletrônico) e incluir um software de gestão de ponto, onde todos os registros possam ser organizados e as tarefas de gestão de pessoas possam ser realizadas de maneira produtiva. Saiba mais como melhorar seu controle de ponto e ficar em conformidade com as leis trabalhistas.

Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência conosco.

Pin It on Pinterest

Compartilhe agora!

Publique nas redes sociais!

× Central de Vendas